spot_imgspot_img

Brasileiro acusado de integrar o PCC é expulso da Bolívia


O presidente da Bolívia, Luis Arce (à esquerda),
O presidente da Bolívia, Luis Arce (à esquerda),| Foto: EFE/Luis Gandarillas

Um brasileiro de 27 anos, identificado como Igor O.C., foi
expulso da Bolívia nesta quarta-feira (29) por ordem da Justiça local. Ele é
acusado de ser membro do Primeiro Comando da Capital (PCC), uma das maiores
organizações criminosas do Brasil.

Igor O.C., também conhecido como “Iraque”, foi detido no
último fim de semana na região de Santa Cruz, junto com outros cinco
brasileiros que portavam armas de fogo e drogas. Ele tentou se passar por outra
pessoa, mas a Polícia Boliviana confirmou sua verdadeira identidade com a ajuda
da Polícia Federal do Brasil.

O ministro do Governo Interior da Bolívia, Eduardo del
Castillo, anunciou por meio das suas redes sociais a expulsão do brasileiro,
que foi levado de helicóptero para a fronteira com o Brasil.

“Não permitiremos que criminosos que causem preocupação à
população circulem livremente em nosso país”, disse del Castillo.

Outros cinco brasileiros que foram presos juntos com Igor foram enviados para prisões de segurança máxima em La Paz e Palmasola. Um boliviano que conduzia o táxi em que eles estavam foi libertado com medidas cautelares. (Com Agência EFE)



Fonte: Gazeta do Povo

spot_imgspot_img

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Caixa Econômica Federal abrirá concurso com 4.000 vagas; veja áreas

O presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Antônio Vieira, anunciou nesta...

Aluno morre esfaqueado e outro fica ferido em briga na porta de escola em Anápolis (GO)

Um aluno de 14 anos morreu e outro de 13 ficou...

Aluno morre esfaqueado e outro fica ferido em briga na porta de escola em Goiás

Um aluno de 14 anos morreu e outro de 13 ficou...