Chile convoca embaixador do Brasil em protesto por declarações de Bolsonaro contra Boric

 Chile convoca embaixador do Brasil em protesto por declarações de Bolsonaro contra Boric

Os chilenos se incomodaram por uma declaração de Bolsonaro que teria digo que o atual presidente, Gabriel Boric, ‘queimou o metrô’ em protestos de 2019.

Por France Presse

O Chile convocou nesta segunda-feira (29) para consultas o embaixador do Brasil em Santiago, em protesto pelas declarações do presidente Jair Bolsonaro contra o presidente chileno Gabriel Boric, a quem acusou de “queimar o metrô” nos protestos de 2019, informou Antonia Urrejola, a ministra das Relações Exteriores do país.

“Consideramos essas acusações gravíssimas. Obviamente são absolutamente falsas e lamentamos que em um contexto eleitoral as relações bilaterais sejam aproveitadas e polarizadas por meio da desinformação e das notícias falsas”, disse Urrejola.

Antonia Urrejola em imagem sem data no site da CIDH — Foto: Reprodução/CIDH
Antonia Urrejola em imagem sem data no site da CIDH — Foto: Reprodução/CIDH

Bolsonaro fez essas declarações em suas considerações finais no debate entre os candidatos à presidência no domingo (28).

“Lula apoiou o presidente do Chile também. O mesmo que praticava atos de tocar fogo em metrôs lá no Chile. Para onde está indo o nosso Chile?”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro.

Yoná Micaella

Mais Notícias