Chuvas provocam alagamentos, deslizamento de barreira e queda de pontilhão no Grande Recife

 Chuvas provocam alagamentos, deslizamento de barreira e queda de pontilhão no Grande Recife

Segundo o Corpo de Bombeiros e Defesa Civil não houve vítimas neste sábado (4). Transtornos foram registrados na capital e em Jaboatão.

Por g1 PE

huvas voltaram a causar alagamentos no Grande Recife, neste sábado (4), uma semana após os fortes temporais que deixaram 128 mortos. Vídeos e fotos enviados para a TV Globo mostram áreas alagadas na Região Metropolitana. Também ocorreram deslizamento de barreira e queda de pontilhão. Não houve registro de vítimas 

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma barreira caiu no Córrego do Boleiro, no bairro em Nova Descoberta, na Zona Norte da capital, perto da Escola Poeta.

Equipes foram até o local e constaram que uma casa tinha sido atingida pelo deslizamento. A área foi isolada pelos bombeiros, que acionaram a Defesa Civil. Mais duas residências estão condenadas.

O Córrego do Boleiro foi local de uma tragédia, em abril de 1996, quando 12 pessoas morreram após o deslizamento de barreiras e um cano da Compesa ter estourado.

Segundo a prefeitura, a família que morava na casa vai ser cadastrada para receber auxílio-moradia. A Defesa Civil informou que as pessoas preferiram ficar na residência de parentes. Uma lona será colocada na encosta, de acordo com o município.

“Foi muito rápido. Quando eu vi, a casa estava caindo. Deu para sair com a família”, declarou o dono da moradia, Danilo Barbosa.

Um pontilhão caiu na Rua Erundina Negreiro de Araújo, no Córrego do Jenipapo, no Recife, onde a água subiu muito neste sábado.

Os moradores da área denunciam que parte da proteção da ponte cedeu, no temporal do sábado (28). Depois, uma cratera se formou na pista. Postes caíram. A prefeitura disse que vai começar uma obra na segunda (6), se não estiver chovendo.

No Bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte da Capital, a água já entrou em algumas casas. “O prefeito mora aqui pertinho. Vizinho, venha nos socorrer”, diz no vídeo uma moradora, que afirma estar ilhada em casa.

Em Piedade, no município de Jaboatão dos Guararapes, um fluxo intenso de carros tentou passar pelo alagamento na Avenida Ayrson Senna.

Além da água, muito lixo também foi levado para o meio da rua na Rua Dalva de Oliveira, entre Beberibe e o Porto da Madeira, no Recife.

Em Boa Viagem, na Zona Sul da Capital, motoristas trafegam pela via tomada de água no trecho em frente ao Parque Dona Lindu.

Os alagamentos também foram registrados na Avenida Vereador Otacílio de Azevedo, no bairro da Guabiraba, no Recife.

Previsão

De acordo com a Apac, ainda existe a possibilidade de chuva na noite deste sábado (4). As precipitações, informou a meteorologia, serão bem mais fracas do que as registradas ao longo do dia.

No domingo (5), a expectativa é de chuvas com pouca intensidade, assim como na segunda (6). O meteorologista Fabiano Presterelo disse que “não há nenhum fenômeno meteorológico” se aproximando da Região Metropolitana.

Mais Notícias