Corinthians atropela o Santos na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil: 4 a 0

 Corinthians atropela o Santos na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil: 4 a 0

Corinthians goleou o Santos na Neo Química Arena (Foto: Marcos Ribolli)

Demorou, mas o Corinthians venceu o seu primeiro clássico estadual em 2022 e, em uma partida de mata-mata da Copa do Brasil. O jogo de ida não foi como o Santos esperava. Agora, o time da Vila Belmiro terá que escalar uma verdadeira montanha na partida de volta. O Peixe precisa marcar pelo menos 4 gols e não sofrer nenhum para levar a disputa da vaga nas quartas para as penalidades e cinco a zero, s quiser avançar sem os penais.

Mantuan, Giuliano (duas vezes) e Raul Gustavo marcaram os gols de uma das melhores atuações do time sob comando do técnico Vítor Pereira. Ao Peixe, o prejuízo poderia ter sido ainda pior, principalmente após a expulsão de Zanocelo, no meio do segundo tempo. Agora, o time de Fabián Bustos tentará uma virada épica em casa para se classificar.

Como fica?

Santos e Corinthians fazem o jogo de volta das oitavas em 13 de julho, às 21h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. O Timão pode até perder por três gols de diferença para se classificar, enquanto o Peixe precisa vencer por cinco para avançar. Vitória santista por quatro gols de diferença leva a decisão para os pênaltis.

Primeiro Tempo

Depois de poucos minutos de equilíbrio, o Corinthians mandou no primeiro tempo. Mais intenso, mais físico e com mais variações, o time de Vítor Pereira criou chances em grande volume e deixou a defesa do Santos perdida – as constantes movimentações de Willian, Mantuan e Róger Guedes machucaram a defesa adversária, ainda mais depois das participações dos laterais Fagner (em grande noite) e Lucas Piton. Assim, o Timão naturalmente tomou conta: Guedes perdeu gol feito após triangulação pela direita, mas logo depois Mantuan abriu o placar em outra jogada pelos lados, com Piton na esquerda. Sem diminuir o ritmo, o time chegou ao segundo gol em jogada semelhante à do gol perdido de Guedes – triangulação, mas desta vez com Willian na direita, e gol de Giuliano após desviar chute de Du Queiroz. Com Marcos Leonardo sob controle, os zagueiros também subiram ao ataque: Raul Gustavo, de cabeça, encerrou um primeiro tempo quase perfeito do Corinthians. O Peixe, por outro lado, mal atacou e podia ter sofrido mais.

Segundo Tempo

Com o placar praticamente definido, o Timão naturalmente diminuiu o ritmo e passou a dosar seus esforços – Vítor Pereira, inclusive, tirou nomes como Du Queiroz e João Victor, este com dores, para evitar maiores problemas. Róger Guedes teve chance de marcar e ainda caiu na área, em pênalti marcado pelo árbitro Marcelo de Lima Henrique e depois tirado com auxílio do VAR. O Santos tentou reagir com as entradas de Camacho e Felipe Jonatan, mas a expulsão de Zanocelo, minutos depois, deu fim à ideia de reação. Com um a menos, nem as entradas de Ângelo e Bruno Oliveira acenderam o time de Fabián Bustos – o Timão, no seu ritmo, ainda fez o quarto gol, com Giuliano, consolidando a goleada.

Mais Notícias