spot_imgspot_img

Dentista é condenado a pagar quase meio milhão de reais após matar 12 onças no Acre


A Justiça Federal condenou o dentista Temístocles Barbosa Freire ao pagamento de indenização no valor de R$ 429 mil, a título de dano moral e material pela morte de 12 onças Segundo as investigações, ele é responsável sozinho pela morte de mais de mil onças em três anos.

O grupo de caçadores ilegais que atua no interior do Acre foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) à Justiça Federal por agir há vários anos na região promovendo o abate de animais selvagens.

Temístocles Barbosa Freire, líder de grupo de caçadores do Acre, foi condenado pela caça e abate ilegal, ocorridos em 2016, de 12 onças-pintadas, 14 capivaras, sete porcos-do-mato e dois veados-vermelhos. A Justiça Federal determinou ainda que o dentista se abstenha de promover qualquer tipo de caçada ou prática análoga, sob pena de multa de R$ 100 mil por ato.

Do valor total, R$ 357 mil são para o pagamento de danos morais coletivos e R$ 71.5 mil pelo abate dos animais, valor que será revertido ao Fundo Nacional do Meio Ambiente.



Fonte: TNH1

spot_imgspot_img

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

STF suspende julgamento que pode retirar mandato de sete deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu nesta quarta-feira (21) o julgamento...

Barcelona desperdiça chances e acaba castigado com o empate do Napoli na Liga dos Campeões

O Barcelona tinha tudo para celebrar uma boa vitória em visita...

Seminfra orienta ciclistas sobre uso da ciclovia na Fernandes Lima em dias de chuva

Projetada respeitando todos os parâmetros estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito...