domingo, fevereiro 5, 2023
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
HomePolíticaEduardo Bolsonaro promove 'shot' no perfil da esposa - 29/11/2022 - Mônica...

Eduardo Bolsonaro promove ‘shot’ no perfil da esposa – 29/11/2022 – Mônica Bergamo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) protagonizou um vídeo em que sua esposa, a psicóloga Heloísa Bolsonaro, recomenda aos seus seguidores uma espécie de suplemento matinal vendido por uma marca nacional.

Publicada originalmente no dia 20 deste mês, a peça voltou a circular após o parlamentar ser visto durante o jogo de segunda-feira (28) da seleção brasileira, no Qatar, e figurar entre os assuntos mais comentados das redes.

Eduardo vem sendo acusado de fazer “publi”, prática remunerada e comum entre influenciadores digitais. A empresa citada, no entanto, afirma à coluna que a publicação não foi paga, e especialistas descartam qualquer irregularidade.

O vídeo apresenta um “shot” que diz oferecer vitaminas e nutrientes e destaca seus supostos benefícios para uma rotina diária. No início da peça, o filho do presidente da República aparece em uma cozinha preparando uma mistura que leva ingredientes naturais como limão e cúrcuma.

“Aqui em casa, todos os dias pela manhã, a gente segue uma rotininha. Antes mesmo de quebrar o jejum, a gente bebe um ‘shot’ que é super bom para a nossa imunidade. Possui vitaminas, antioxidantes e minerais”, narra Heloísa, enquanto o parlamentar conduz o preparo.

“Mas eu confesso que eu morro de preguiça de fazer esse processo todo, então quem faz é sempre o Duda”, continua, se referindo ao marido.

Em seguida, a psicóloga pondera que o parlamentar deixa a cozinha desarrumada e suja após preparar o suplemento matinal caseiro. “Fica uma melequinha”, diz. É nesse momento que o produto da marca Lafit surge em tela como uma solução.

“Agora os meus e os seus problemas acabaram”, anuncia Heloísa, que estica uma bolsa azul para o marido. Eduardo Bolsonaro retira dela uma lata, que é aproximada da câmera para que os seguidores possam vê-la melhor.

Enquanto prepara o suplemento da marca para consumo, a esposa do deputado federal enumera todos os supostos nutrientes encontrados “em apenas uma dose dosadora” do suplemento. “Muito mais prático para o nosso dia a dia”, conclui.

A imagem de Heloísa Bolsonaro só aparece ao final da gravação, quando ela prova a mistura feita pelo marido. O vídeo foi publicado em seu perfil do Instagram.

Procurada pela coluna, a fundadora da Lafit, Julia Alves Resende, diz que enviou o suplemento ao casal como um brinde. “Não teve custo nenhum, eles são amigos nossos. Eu enviei de presente”, afirma ela. “A gente nem enviou com a pretensão de postar”, acrescenta.

Essa não é a primeira vez que o deputado federal e sua esposa aparecem nas redes promovendo marcas e produtos em formatos semelhantes aos dos chamados “publis”, embora não haja sinalização de parceria paga nas publicações.

Para o advogado Francisco Octávio de Almeida Prado Filho, membro fundador da Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep), porém, não há irregularidade no vídeo publicado.

De acordo com Prado Filho, o artigo 54 da Constituição proíbe deputados e senadores de “manter contrato com pessoa jurídica de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público”, aceitar cargo remunerado ou patrocinar causas em que entidades sejam parte interessada —o que não seria o caso da peça protagonizada por Eduardo Bolsonaro.

Segundo o Código de Conduta da Alta Administração Federal, itens distribuídos como cortesia que não ultrapassem o valor de R$ 100 não são considerados presentes —no site da Lafit, uma unidade do shot matinal custa R$ 129. Mas Prado Filho reforça que esse código vale apenas para servidores públicos do Executivo, não para o Legislativo.

Especialista em direito constitucional e mestre em direito público pela FGV, a advogada Vera Chemim diz que o Código de Ética e Decoro Parlamentar, destinado aos deputados, não veda a conduta exibida no vídeo.

Só haveria irregularidades, segundo Chemim, caso a marca comece a aparecer vinculada ao deputado com mais frequência, “remetendo a uma propaganda comercial, com recebimento de vantagem de natureza econômica”.

Se fosse o caso, segue, ainda seria preciso comprovar o efetivo recebimento de vantagem econômica. “Aí, sim, nós poderíamos aventar a possibilidade de que ele viesse a ser punido por meio de uma advertência ou censura por escrito.”


TAPETE VERMELHO

O ator e diretor italiano Kim Rossi Stuart, que atua em filmes como “Anos Felizes” (2013) e “Tommaso” (2016), veio ao Brasil na semana passada para lançar seu novo longa-metragem, “Brado”. A sessão foi realizada no Reserva Cultural, na capital paulista. A diretora e curadora do evento, Erica Bernardini, compareceu à exibição. O dono do espaço de cinema, Jean Thomas Bernardini, e o diretor-executivo da Câmara de Comércio Italiana de São Paulo Nico Rossini também estiveram lá.

com BIANKA VIEIRA, KARINA MATIAS e MANOELLA SMITH; colaborou SUSANA TERAO


LINK PRESENTE: Gostou deste texto? Assinante pode liberar cinco acessos gratuitos de qualquer link por dia. Basta clicar no F azul abaixo.

Fonte: Câmara dos Deputados

NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Publicidade -

ÚLTIMAS