spot_img

Falso pastor que prometia lucro de R$ 1 octilhão é transferido para presídio do DF


Osório José Lopes Júnior, o falso pastor cego suspeito de prometer lucro de R$ 1 octilhão para dar golpes em fiéis, foi transferido do Tocantins para um presídio de Brasília na tarde desta quarta-feira, 4, às 13 horas.

A transferência foi coordenada pela Divisão de Operações Aéreas da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), para um complexo da PCDF. O pastor Osório, como era conhecido, foi apontado como líder de uma organização criminosa que deu golpes milionários em mais de 50 mil fiéis.

A quadrilha chegou a usar o nome de Paulo Guedes, ex-ministro da Economia, para enganar suas vítimas. A polícia atestou que o ex-ministro da Economia não tinha qualquer ligação com o esquema. As vítimas fizeram depósitos de R$ 20 a até R$ 2 milhões em troca de “bençãos financeiras”.

A Operação Falso Profeta descobriu movimentação de R$ 156 milhões da quadrilha em apenas cinco anos. Os policiais encontraram 40 empresas de fachada e mais de 800 contas bancárias suspeitas.

A Operação Falso Profeta

pastor golpe
Os policiais encontraram 40 empresas de fachada e mais de 800 contas bancárias suspeitas | Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Justiça autorizou o bloqueio de R$ 30 milhões das contas bancárias dos suspeitos. Também definiu que perfis e páginas do grupo na internet fossem retirados do ar.

As vítimas são fiéis do Distrito Federal, de outras regiões do Brasil e até do exterior. Os suspeitos tinham estrutura ordenada e divisão de tarefas especializadas na execução de vários crimes: incluindo falsidade ideológica, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal e estelionatos por meio das redes sociais. 

Leia também

Os fiéis eram induzidos a investigar quantias de dinheiro com a promessa de recebimento futuro de montantes milionários. O valor variava. 

“Tem vítimas que perdem seus imóveis, vítimas que vendem suas casas para investirem nesses falsários”, disse Marco Aurélio Sepúlveda Santos, delegado da Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária, ao portal Metrópoles. “O valor de retorno prometido variava de acordo com cada suspeito. Então, tem vítima para a qual era prometido o valor que chegava na casa dos oito dígitos.”

Leia também

Não há registro de nenhum fiel que tenha recebido algum retorno dos “investimentos”. Os golpistas abordavam as vítimas, em sua maioria evangélicas, por meio das redes sociais. Eles invocavam uma teoria conspiratória chamada de “Nesara Gesara”.

As vítimas eram convencidas a investir suas economias em falsas operações financeiras ou falsos projetos humanitários. O pastor Osório Júnior e seus comparsas prometiam retorno financeiro imediato e rentabilidade estratosférica.

A soma das fortunas dos dez homens mais ricos do planeta não chega a R$ 1 octilhão, valor de lucro prometido pelo falso pastor. Juntos, os dez maiores bilionários do planeta — lista que inclui Elon Musk (em primeiro lugar, com US$ 237,7 milhões), Jeff Bezos (em terceiro lugar, com US$ 153 milhões) e Warren Buffett (em sexto lugar, com 111,9 milhões) —  somam perto de R$ 7 trilhões.



Fonte: R7

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Santos está fora da Copa do Brasil de 2024 após derrota no Brasileirão

A derrota para o Fluminense nesta quarta-feira (29) sacramentou que o...

Mais de 2,8 mil pessoas deixam trabalho análogo à escravidão

Um total de 2.847 trabalhadores foram resgatados entre janeiro e novembro...

‘Ele não teve o direito de saber por que estava morrendo’, diz Sâmia Bomfim sobre a execução do irmão

A Câmara dos Deputados estava esvaziada quando Sâmia Bomfim (PSOL-SP) adentrou...