Juliana Paes se defende após ser acusada de demitir empregada com depressão

 Juliana Paes se defende após ser acusada de demitir empregada com depressão

Reprodução

Correio 24h

Juliana Paes se defendeu das acusações graves feitas por uma ex-cozinheira que acusou a atriz de demiti-la enquanto estava com depressão.

A denúncia foi divulgada em vídeos publicados por Adriana das Graças nas redes sociais. Adriana lamenta não ter recebido apoio da artista para seguir com o tratamento. “Você se dedica por 11 anos a uma família, vê os filhos nascerem e, quando entra em depressão, tenta o suicídio e se interna duas vezes em um hospital psiquiátrico, tem que ir ao Caps [Centro de Atenção Psicossocial] para conseguir remédio gratuito porque ninguém te ajuda. Obrigado, Juliana”, disse Adriana no vídeo.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do Em Off, a ex-funcionária se afastou em novembro do ano passado após uma briga com uma colega que trabalha como babá. No sábado (30), a cozinheira contou ter recebido uma ligação de Juliana após a publicação do vídeo. A ex-funcionária diz que a atriz teria alegado todas às vezes em que a ajudou, inclusive que a teria dado um ‘barraco para ela ter onde morar’. 

Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, Juliana confirma o desligamento de Adriana, mas diz que a doença não foi a razão da demissão da ex-funcionária.

Mais Notícias