Justiça manda soltar empresário suspeito de envolvimento no furto ao apartamento de Carlinhos Maia

 Justiça manda soltar empresário suspeito de envolvimento no furto ao apartamento de Carlinhos Maia

Tribunal de Justiça de Alagoas / Foto: TJAL

Em audiência de custódia realizada nesta quarta-feira, 08, a Justiça revogou a prisão de um empresário suspeito de participar do furto ao apartamento do influenciador digital Carlinhos Maia.

O suspeito teve a prisão preventiva convertida em medidas cautelares, informou a assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas ressaltando que os outros dois suspeitos, permanecem presos.

Em coletiva à imprensa realizada na manhã de ontem (07), o delegado Lucimério Campos afirmou que os suspeitos que foram presos em Campina Grande, na Paraíba, estão diretamente envolvidos na execução do furto e que eles já estiveram juntos em outros crimes.

Dois dos presos são empresários do ramo automobilístico. Émerson de Holanda Lira, de 45 anos, e Eliabio Custódio Nepomuceno, trabalham com compra e venda de carros no estado da Paraíba. Um servente de pedreiro identificado como Wellington Medeiros da Silva Morais, de 23 anos, também foi preso.

A Polícia chegou aos suspeitos por causa do veículo utilizado no dia do crime. O veículo, segundo o delegado Thales Araújo, estava nas imediações do edifício. “Fizemos uma intensa análise de imagens que colocam o carro nas cenas do crime”.

De acordo com o delegado Gustavo Xavier, o veículo veio para Maceió somente no dia do crime e saiu após o crime.

Por: Cadaminuto

Mais Notícias