spot_imgspot_img

Menino que desapareceu em lagoa tentou buscar pipa que caiu na água, diz testemunha


Mais de 24 horas depois e o pequeno Antony, de apenas 12 anos, continua desaparecido depois de entrar na Lagoa Mundaú, na região da comunidade Muvuca, no Vergel do Lago, em Maceió. De acordo com uma testemunha, ele teria tentado buscar uma pipa que caiu na água e não teria conseguido retornar para a superfície. 

Jane Dayse, moradora da comunidade e amiga dos familiares, contou para a reportagem do TNH1, que a família recebeu duas informações sobre o desaparecimento de Antony. A primeira foi a suposta queda dele de uma embarcação, e a segunda foi o possível mergulho para buscar a pipa.

“Antony é uma criança dócil e carismática, e é aluno de uma escolinha de futebol em Maceió. A família está toda abalada, na base de calmante. Eles querem encontrá-lo, já estão preparados para o pior, mas querem encontrá-lo, querem acalmar o coração”, disse.

“Ele costumava soltar pipa com os colegas. Os meninos aqui disseram que ainda viram o Antony tentando pedir ajuda, mas pensaram que era brincadeira”, acrescentou ao destacar que o menino foi visto pela última vez pelos amigos da comunidade. 

A moradora destacou ainda que uma equipe do Corpo de Bombeiros foi direcionada para a localidade no final da tarde de sábado e retornou na manhã de domingo, com o objetivo de dar sequência nas buscas, mas até o momento, o menino continua desaparecido.

“Eles estiveram ontem, quando aconteceu a fatalidade, e depois saíram alegando que não dava para continuar com as buscas à noite. Voltaram hoje, com helicóptero e mergulhadores, mas até o momento nada. A família está em choque”, afirmou Jane Dayse.

O TNH1 entrou em contato com o Bombeiros e a matéria será atualizada com o boletim da corporação sobre as buscas pelo menino.



Fonte: TNH1

spot_imgspot_img

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Padre e companheiro são presos vendendo Viagra e afrodisíacos na Espanha

A Guarda Civil da Espanha prendeu o pároco da Igreja de...

Recalcular decisões de vida é mais difícil para pessoas pobres e negras

"Não foi positivo, mas foi necessário", define o fluminense Flávio Gomes,...

Empresa é condenada após gerente criticar aparência de ex-estagiária

A Justiça do Trabalho condenou uma concessionária de automóveis de Sorocaba...