Morango branco? Produtor de Atibaia faz modificação genética e consegue fruto branco

 Morango branco? Produtor de Atibaia faz modificação genética e consegue fruto branco

Morango branco é resultado de cruzamento de espécies de morangos com menos antocianina, a substância responsável pela cor vermelha do morango.

Por Poliana Casemiro, g1 Vale do Paraíba e Região

Já imaginou comer um morango branco? Em Atibaia, cidade no interior de São Paulo reconhecida como Capital Nacional do Morango, um produtor apostou em mudanças genéticas e o cruzamento de outras espécies que resultaram em um morango branco.

O produtor Aflânio Tomikawa, responsável pelo fruto modificado, garante que o morango, branco por dentro e por fora, preserva a textura e aroma do original.O produtor se dedica desde 2018 a pesquisar sobre morangos. Em seus trabalhos, descobriu a possibilidade de cruzamentos genéticos entre espécies variadas e que poderiam gerar frutas de cores diferentes.

“É feito um processo de modificação genética com o cruzamento de espécies selecionando a qualidade que a gente quer, como sabor, doçura. Nesse caso, cruzamos com espécies de frutos que tem baixo nível de antocianina, a substância responsável pela cor vermelha do morango tradicional. E é por isso que eles ficam brancos”, explica.

Morango branco modificado geneticamente é produzido em Atibaia — Foto: Divulgação
Morango branco modificado geneticamente é produzido em Atibaia — Foto: Divulgação

Aflânio viveu mais de 20 anos no Japão de onde trouxe a referência da fruta branca. O morango nessa versão já existe no país asiático, na Europa e nos Estados Unidos.

Ele explica que a fruta é mais doce que o comum. Na escala que mede a doçura de uma fruta, o morango que comumente conhecemos tem nível 7. O branco, pode chegar a 10. Além disso, ele explica que é mais macio e de baixa acidez.

Como é alterado geneticamente, o fruto precisa ser registrado e ter licença comercial junto ao Ministério do Meio Ambiente para a venda. Aflânio acionou o órgão no início do ano e espera o retorno nos próximos meses.

“A gente ainda está trabalhando em outras versões, com ele alaranjado e até um tom de vinho. Estamos com boa expectativa para o público provar a fruta nessa versão diferente”, conta.

Yoná Micaella

Mais Notícias