spot_imgspot_img

Netanyahu e oposição se unem para formar governo de emergência


Discurso Netanyahu
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou guerra ao Hamas no sábado (7), logo após o ataque surpresa dos terroristas| Foto: Reprodução/Facebook

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou nesta quarta-feira (11) a formação de um governo de emergência junto a Benny Gantz, um dos líderes da oposição e ex-ministro da Defesa, para enfrentar a guerra contra terroristas palestinos associados ao Hamas em Gaza.

“Ambos concordaram com o estabelecimento de um governo de emergência e de um gabinete de gestão da guerra”, informou um comunicado conjunto assinado por ambos os líderes e divulgado pelo partido Unidade Nacional de Gantz.

Segundo o jornal israelense The Times of Israel, o ex-ministro aceitou o acordo após exigir a criação de um gabinete de guerra composto por outros ministros que teriam poderes de tomar decisões em relação às ações militares aplicadas contra o Hamas. Detalhes sobre o governo de emergência ainda não foram divulgados.

Nesta quarta-feira, integrantes do Hamas afirmaram que continuam atuando dentro do território israelense.

Dados oficiais atualizados apontam que o número de mortos em Israel desde o início do conflito chegou a 1200 pessoas, com mais de 2700 feridos. Em Gaza, os bombardeios israelenses já deixaram 1.055 mortos e pelo menos 5.184 feridos.



Fonte: Gazeta do Povo

spot_imgspot_img

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Morre Wilsinho Fittipaldi, ícone do automobilismo brasileiro, aos 80 anos

Wilson Fittipaldi Jr, pioneiro no automobilismo brasileiro e ex-piloto da Fórmula...

MPAL investiga contratação do show de Leo Santana pela Prefeitura de Viçosa

O Ministério Público de Alagoas (MPAL) informou nesta sexta-feira (23) que...

Fogo destrói casa em Paulo Jacinto e polícia suspeita de incêndio criminoso; veja vídeos

Um incêndio atingiu uma residência na Rua São José, no município...