Número de desalojados e desabrigados passa de 64 mil, em Alagoas

 Número de desalojados e desabrigados passa de 64 mil, em Alagoas

Ascom Murici

Somando os desabrigados e desalojados pelas chuvas em Alagoas, já são mais de 64 mil pessoas que foram obrigadas a abandonar as suas casas e, muitas delas, não têm mais uma casa para retornar.

O levantamento é da Defesa Civil Estadual, divulgado nesta terça-feira (5). Além das pessoas que precisaram deixar as suas casas, o estado soma seis óbitos em decorrência das enchentes, alagamentos e deslizamentos, uma pessoa está desaparecida em Alagoas.

Os dados consideram os transtornos causados pelas chuvas e deficiência em infraestrutura desde o final do mês de maio, quando algumas cidades já registravam alagamentos por transbordamento de rios, lagoas e deslizamento de terra.

O Governo do Estado decretou situação de emergência em mais da metade dos municípios alagoanos. 56 das 102 cidades estão enfrentando situações emergenciais, como: falta de abastecimento de água, energia elétrica, necessidade de suprimentos para desabrigados e desalojados, entre outras situações e necessidades.

Confir abaixo a lista de desalojados e desbrigados, por município:

  • Atalaia: 350 desabrigados e 3.000 desalojados
  • Barra de Santo Antônio: 133 desabrigados e 168 desalojados
  • Barra de São Miguel: 182 desalojados
  • Belém: 4 desabrigados e 2 desalojados
  • Branquinha: 60 desabrigados e 1.640 desalojados
  • Cacimbinhas: 495 desabrigados e 3.273 desalojados
  • Cajueiro: 230 desabrigados e 2.681 desalojados
  • Capela: 336 desabrigados e 1.654 desalojados
  • Coité do Nóia: 26 desabrigados e 24 desalojados
  • Colônia Leopoldina: 22 desabrigados e 474 desalojados
  • Coqueiro Seco: 30 desabrigados e 350 desalojados
  • Coruripe : 740 desabrigados e 3.195 desalojados
  • Craíbas: 129 desalojados
  • Dois Riachos: 10 desabrigados e 26 desalojados
  • Feira Grande: 13 desabrigados e 13 desalojados
  • Feliz Deserto: 116 desabrigados e 412 desalojados
  • Girau do Ponciano: 33 desabrigados e 90 desalojados
  • Igreja Nova: 87 desabrigados e 374 desalojados
  • Jacuípe: 350 desabrigados e 2.650 desalojados
  • Jequiá da Praia: 126 desabrigados e 1.201 desalojados
  • Jundiá: a Defesa Civil estadual não registrou afetados pelas chuvas
  • Limoeiro de Anadia: 40 desabrigados e 260 desalojados
  • Maceió: 3.498 desabrigados e 1.221 desalojados
  • Major Isidoro: 140 desabrigados e 200 desalojados
  • Maragogi: 11 desabrigados e 180 desalojados
  • Marechal Deodoro: 612 desabrigados e 3.208 desalojados
  • Matriz de Camaragibe: 493 desabrigados e 1.358 desalojados
  • Murici: 1.012 desabrigados e 1.500 desalojados
  • Palmeira dos Índios: 310 desabrigados e 56 desalojados
  • Pão de Açúcar: 39 desabrigados e 24 desalojados
  • Paripueira: 2 desabrigados
  • Paulo Jacinto: 7 desabrigados
  • Penedo: 271 desabrigados e 1.711 desalojados
  • Piaçabuçu: 12 desabrigados e 70 desalojados
  • Pilar: 172 desabrigados e 3.554 desalojados
  • Porto Calvo: 29 desabrigados e 325 desalojados
  • Porto de Pedras: 32 desabrigados e 126 desalojados
  • Porto Real do Colégio: 12 desalojados
  • Quebrangulo: 56 desabrigados e 825 desalojados
  • Rio Largo: 199 desabrigados e 6.801 desalojados
  • Roteiro: 97 desabrigados e 64 desalojados
  • Santa Luzia do Norte: 38 desabrigados e 137 desalojados
  • Santana do Mundaú: a Defesa Civil estadual não registrou afetados pelas chuvas
  • São Brás: 5 desalojados
  • São José da Laje: 689 desabrigados e 3.194 desalojados
  • São Luís do Quitunde: 11 desabrigados e 30 desalojados
  • São Miguel dos Campos: 330 desabrigados e 660 desalojados
  • São Miguel dos Milagres: 24 desabrigados e 32 desalojados
  • Satuba: 64 desabrigados e 1.496 desalojados
  • Taquarana: 63 desabrigados
  • Tanque d’Arca: 470 desalojados
  • Teotônio Vilela: 12 desabrigados e 264 desalojados
  • Traipu: 10 desabrigados e 500 desalojados
  • União dos Palmares: 385 desabrigados e 1.770 desalojados
  • Viçosa: 332 desabrigados e 438 desalojados

Mais Notícias