Palmeiras vence o Ceará e segue firme na liderança do Campeonato Brasileiro

 Palmeiras vence o Ceará e segue firme na liderança do Campeonato Brasileiro

Foto: Lucas Emanuel/AGIF

Verdão faz 2 a 0 no primeiro tempo, mas passa sufoco nos minutos finais após Vozão descontar em pênalti polêmico com um jogador a menos

ge

O segundo turno do Campeonato Brasileiro começou como terminou o primeiro: com uma vitória de um Palmeiras líder e cada vez mais favorito ao título. Mas a vitória que parecia tranquila quase se complicou no fim. O Verdão abriu 2 a 0 no primeiro tempo (Dudu e López), ficou com um jogador a mais no início do segundo após a Richardson e viu um corajoso Vozão ir para cima. Mendoza descontou em um pênalti polêmico. No fim, faltou força para impedir a derrota por 2 a 1.

Verdão dispara

Com a vitória, o Palmeiras vai a 42 pontos e consolida ainda mais a primeira colocação. São sete partidas de invencibilidade na temporada, sendo quatro vitórias seguidas no Brasileirão.

Vozão liga o alerta

O Ceará volta a se preocupar com a luta contra o rebaixamento. O Vozão permanece com 24 pontos e acumula a segunda derrota consecutiva na competição – havia perdido para o Juventude na rodada passada.

Primeiro tempo

Mesmo jogando no Castelão, o Palmeiras foi melhor do que o Ceará. O Verdão deu pouco espaço para Vina e Mendoza, principais jogadores do Vozão, e aos poucos se soltou ao ataque para conseguir a vantagem. López deu trabalho aos marcadores com boa movimentação e quase marcou em um cabeceio. Destaque no primeiro turno, Scarpa continuou bem. Aos 30, ele arriscou da entrada, João Carlos fez ótima defesa, mas Dudu pegou o rebote e abriu o placar.

Os donos da casa tiveram dificuldade para reagir diante de uma defesa muito bem posicionada. Weverton praticamente não teve trabalho. E o Verdão ainda fez o segundo. López recebeu deu Scarpa na cara de João Ricardo e marcou o primeiro dele pelo novo clube.

O Ceará ainda reclamou de um pênalti de Gómez em Mendoza, aos 48. Anderson Daronco sequer foi chamado ao VAR. Na Central do Apito, a comentarista de arbitragem Fernanda Colombo disse que houve a penalidade.

Dudu comemora o gol em Ceará x Palmeiras
Dudu comemora o gol em Ceará x Palmeiras (Foto: Lucas Emanuel/AGIF)

Segundo tempo

A expectativa do Ceará de reagir acabou logo aos quatro minutos. Dudu saiu em disparada no contra-ataque e foi derrubado por Richardson na entrada da área. Após análise no VAR, Daronco expulsou o volante. O jogo, assim, passou de vez para as mãos do Palmeiras. Scarpa, aos 11, carimbou o travessão. Veiga, aos 13, também em chute de longe, parou em João Ricardo.

O Ceará lutou para reagir no embalo da torcida. Diego, aos 23, quase descontou em bom chute, mas Weverton espalmou. Aos 32, Vina disputou lance com Danilo na área, e Daronco marcou pênalti e não foi chamado no VAR. Na Central do Apito, Fernanda Colombo disse que não marcaria.

Mendoza bateu e descontou. Com o Castelão empurrando o time, o Ceará foi para cima. Weverton, aos 36, errou domínio na área e quase perdeu a bola para Vásquez. Mas faltou força ao time da casa. Bem posicionado, o Palmeiras soube resistir.

Mendoza após o gol em Ceará x Palmeiras
Mendoza após o gol em Ceará x Palmeiras (Foto: Lucas Emanuel/AGIF)

Mais Notícias