Paulo Dantas: “Teremos um mês de junho em nosso estado como nunca tivemos antes”

 Paulo Dantas: “Teremos um mês de junho em nosso estado como nunca tivemos antes”

Pei Fon

Afirmação é do governador Paulo Dantas, durante o lançamento do São João de Alagoas, que vai contemplar todas as regiões em 15 municípios, além de 10 Grotas em Maceió

Fábia Assunção

De 1º a 30 de junho vai ter festa de canto a canto do Estado de Alagoas, no maior São João dos últimos tempos, promovido pelo Governo de Alagoas. “Será um evento que estará aberto para todos os alagoanos, cem por cento gratuito. Estamos imensamente satisfeitos e felizes, pois tenho certeza de que esse São João será um sucesso e me comprometo que haverá essa festa  todos os anos no Estado de Alagoas”. A afirmação foi do governador Paulo Dantas, durante o lançamento da programação do “Alagoas: Arraiá da Gente”, que reuniu cerca de 200 pessoas, entre jornalistas, representantes de grupos culturais, parlamentares e prefeitos, na manhã desta segunda-feira (23), no restaurante Bodega do Sertão.

Durante o evento, Paulo Dantas e a secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, assinaram o edital do Prêmio Clemilda, Rainha do Forró, que investirá 1,5 milhão a serem destinados a segmentos de quadrilha junina, coco de rodas, trios pé-de-serra, emboladores, repentistas e bumba meu boi e violeiro de todo o Estado de Alagoas.  As inscrições começam nesta terça-feira (24) e vão até o dia 7 de julho, com intuito de promover a retomada das atividades culturais em Alagoas, tão atingida nos últimos anos pela pandemia do coronavírus.

“Vai ser um São João de muita alegria, que vai unir cada vez mais as famílias de Alagoas, contemplando todas as regiões do Estado e  alcançando todos os bairros da nossa capital, com festas em 10 grotas, levando o São João mais próximo das pessoas que mais necessitam do apoio do governo”, afirmou Paulo Dantas. Em todos os cantos do Estado, do litoral ao sertão, as festas terão atrações com artistas locais e nacionais.

 O Estado vai investir R$ 20 milhões nos festejos juninos, que retornarão ao tesouro estadual, por meio de impostos, no total de R$ 50 milhões e movimentarão a  economia, no período, em  cerca de R$ 1 bilhão. “A cada real investido, volta para os cofres do Estado R$ 2,50, ou seja, vai retornar para investimentos em construção de mais creches, hospitais, rodovias, fortalecer o programa CRIA, o programa Escola 10 e tantas outras ações que ajudam o povo de Alagoas”, enfatizou o governador.

Geração de empregos

Paulo Dantas destacou que o mais importante é que os festejos irão gerar mais de 30 mil empregos, diretos e indiretos, ofertando mais oportunidades ao povo de Alagoas de ampliar sua renda. Ele aproveitou a oportunidade para parabenizar aos municípios que estão investindo nos festejos juninos, reforçando que o Estado estará junto para dar apoio às iniciativas que tragam benefícios à população do Estado. “Quero parabenizar os 102 municípios de Alagoas que vão realizar o seu São João, inclusive parabenizar a Prefeitura de Maceió, que está fazendo um bom São João”, disse o governador. “O meu intuito, meu objetivo, é que o governo de Alagoas trabalhe de forma integrada com os municípios, inclusive com a Prefeitura de Maceió. Não faço política criticando, atacando, menosprezando, faço as coisas com o intuito que o povo de Alagoas receba o benefício”, enfatizou Paulo.

O governador destacou ainda a importância da retomada dos festejos juninos depois de dois anos de tantas dificuldades enfrentadas por causa da pandemia do coronavírus. “Passamos um momento muito duro, mas graças à vacina, à nossa ciência e  a todos que promovem saúde em Alagoas, nós tivemos o melhor resultado na pandemia. Vacinamos a sociedade e agora estamos prontos para fazer esse São João de forma segura, de maneira que tenho certeza de que o alagoano que gosta dessa festa tradicional do Nordeste está comemorando essa decisão do governo de Alagoas”, ponderou o governador.

Homenagens

O São João da Gente vai contemplar todas as regiões no Estado, com eventos em 15 municípios, além de festa em  10 Grotas da região de Maceió. Cada arraial homenageará uma figura de relevância cultural em Alagoas, a exemplo de Jacinto Silva (no Eustáquio Gomes), Tororó do Rojão (Jacintinho); Nelson da Rabeca (Benedito Bentes) e Clemilda, Rainha do Forró (em Cruz das Almas). No interior, haverá o arraial Eugídio Vieira (Piranhas, Batalha e Major Izidoro), Nelson Rosa (Penedo e Igreja Nova); Gerson Filho ( Paripueira, Jundiá , Matriz do Camaragibe e São Luís do Quintude; Mestrinho (Capela, União dos Palmares e Novo Lino).

A secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, disse que a expectativa é a melhor possível para o São João,  apesar de ter tido um prazo de apenas uma semana para organizar o evento em todo o Estado. “A missão dada pelo governador Paulo Dantas no nosso primeiro despacho foi que fizéssemos o maior São João que Alagoas já teve.  O desafio é muito grande, mas missão dada é missão cumprida”, ressaltou.

A secretária de Estado do Turismo, Caroline Balbino, também se mostrou entusiasmada com o incremento no turismo com as festas juninas em Alagoas.  “A expectativa é a melhor  de todas.  Sem dúvida, faremos um São João Histórico”. Juntamente com a secretária de Cultura, Caroline irá participar de uma reunião com o trade turístico para apresentar a proposta do São João organizado pelo governo de Alagoas para atrair ainda mais turistas para Alagoas nesse período. “O São João faz parte de cultura nordestina, faz parte da cultura brasileira e o brasileiro como todo estava na expectativa do São deste ano, pois estávamos órfãos do São João.  Então, com certeza teremos tempo para atrair os turistas para Alagoas, seja de estados da região ou de outros estados do país”,  destacou a  secretária de Turismo.

Mais Notícias