spot_img

PM vai reforçar segurança para as eleições de conselheiros tutelares em Alagoas


A Polícia Militar de Alagoas vai reforçar a segurança nas eleições de conselheiros tutelares 2023, que serão realizadas neste próximo domingo (1º). As atividades de policiamento serão realizadas por equipes de serviço ordinário e do efetivo extra nas localidades que possuem pontos de votação.

Os trabalhos incluem ações integradas de inteligência, passando por escoltas e policiamento ostensivo, para proporcionar segurança necessária à realização das eleições. Na Região Metropolitana, 10 municípios serão cobertos pela atuação das equipes do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), 4º BPM, 5º BPM, 8º BPM, 12º BPM, 13º BPM e das Companhias de Polícia Militar Independente: 2ª CPM/I, 4ª CPM/I e 5ª CPM/I, Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa (DEIP) EMG, SSP, Guardas Municipais e Corpo de Bombeiro Militar de Alagoas.

Mais de 620 militares ficarão responsáveis pela cobertura da área e no apoio ao policiamento a pé nas escolas e no atendimento de ocorrências diversas. Além do efetivo dos batalhões e companhias, a missão contará com o reforço de militares de setores administrativos, de unidades de ensino e também dos futuros soldados da PM. Serão aproximadamente 270 alunos do Curso de Formação de Praças (CFP).

Só na Região Metropolitana de Maceió serão 13 Zonas Eleitorais, com estimativa de 673.847 eleitores distribuídos em 67 locais de votação em 10 municípios: Maceió, Paripueira, Barra de Santo Antônio, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Satuba, Santa Luzia do Norte, Coqueiro Seco, Pilar e Rio Largo.

Na área do Comando de Policiamento da Região Agreste, uma operação específica também foi montada. Serão 14 guarnições do 3º BPM atuando nos municípios de Arapiraca, Craíbas, Taquarana, Limoeiro de Anadia, Coité do Nóia e Feira Grande. Na área de atuação do 10º BPM, 15 equipes trabalharão na segurança dos municípios de Palmeira dos Índios, Igaci, Minador do Negrão, Estrela de Alagoas, Cacimbinhas, Tanque D’Arca, Quebrangulo, Paulo Jacinto, Mar Vermelho, Maribondo e Belém.   

Os municípios de Atalaia, Cajueiro, Capela, Viçosa, Chã Preta e Pindoba terão cobertura de 16 guarnições pertencentes à 3ª CPMI. Enquanto que a 7ª CPMI empregará 11 equipes que devem atuar em Girau do Ponciano, Lagoa da Canoa, Traipu, Campo Grande e Olho D’Água Grande.

O Comando de Policiamento da Região Norte e Zona da Mata Alagoana (CPRN-ZM) empregará 177 policiais militares, entre oficias e praças do 2° BPM, 6° BPM, 14° BPM e 8ª CPM/I.  Além do contingente do serviço ordinário, equipes do Programa Força Tarefa atuarão nos locais de votação e nas proximidades dos pontos de concentração de urnas.

Nos demais municípios alagoanos as unidades estarão, durante todo o dia, realizando rondas e também posicionamentos em locais estratégicos (os chamados PBs). O objetivo é prevenir e coibir possíveis delitos fazendo com que o pleito ocorra de forma pacífica e ordeira.



Fonte: TNH1

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Santos está fora da Copa do Brasil de 2024 após derrota no Brasileirão

A derrota para o Fluminense nesta quarta-feira (29) sacramentou que o...

Mais de 2,8 mil pessoas deixam trabalho análogo à escravidão

Um total de 2.847 trabalhadores foram resgatados entre janeiro e novembro...

‘Ele não teve o direito de saber por que estava morrendo’, diz Sâmia Bomfim sobre a execução do irmão

A Câmara dos Deputados estava esvaziada quando Sâmia Bomfim (PSOL-SP) adentrou...