Primeiro contrato profissional de Endrick com o Palmeiras terá multa de cerca de R$ 316 milhões

 Primeiro contrato profissional de Endrick com o Palmeiras terá multa de cerca de R$ 316 milhões

Endrick terá contrato com multa de mais de R$ 300 milhões com o Palmeiras (Foto: Fábio Menotti/Palmeiras)

Atacante tem acordo com o Verdão para assinar primeiro vínculo profissional em julho

Por Felipe Zito — São Paulo

Palmeiras tem um acordo encaminhado com o atacante Endrick para assinar o primeiro contrato profissional do atleta. O vínculo será oficializado após o dia 21 de julho, quando o palmeirense completa 16 anos e pode ter seu primeiro registro com o clube.

A multa rescisória do contrato de Endrick será de cerca de 60 milhões de euros, conforme publicado pelo jornalista Fabrizio Romano nesta segunda-feira. Os termos do contrato, com validade inicial de três temporadas, ainda não são confirmados pela diretoria do Verdão, que vai respeitar os prazos legais para finalizar os detalhes burocráticos do acordo.

Promovido ao elenco do time sub-20 na temporada passada, Endrick foi o principal destaque palmeirense na campanha do título da Copa São Paulo.

Eleito craque e autor do gol mais bonito da Copinha, o atacante tem convivido com especulações frequentes de grandes clubes da Europa. O acerto com o Verdão sempre foi avaliado como natural pelos dirigentes e também pelas pessoas que vão administrar a carreira profissional do atleta.

Douglas Ramos, pai do jogador, já foi funcionário do Palmeiras e trabalhou na Academia de Futebol, e a boa relação entre as partes é mantida até hoje.

Recentemente, Endrick se destacou com a camisa da Seleção Sub-17. Na França, ele foi artilheiro e também eleito o melhor jogador do Torneio de Montaigu, competição que foi vencida pelos brasileiros.

Atualmente, o jovem tem um contrato de formação com o Palmeiras, com validade até 2025 e multa de cerca de R$ 110 milhões. Mesmo acompanhado por clubes do exterior, o atleta não pode participar de uma transferência internacional antes de completar 18 anos.

Mais Notícias