spot_img

Quase 70 morreram em confrontos com a polícia da Bahia no mês


Quatro homens morreram em confronto com a polícia em Santo Amaro, no recôncavo da Bahia. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (29) e foi confirmado na manhã deste sábado pela Polícia Militar. Um levantamento feito pelo g1 aponta que, com esse novo caso, sobe para 68 o número de pessoas que morreram durante confrontos com a polícia neste mês de setembro.

Conforme a Polícia Civil, os homens mortos em Santo Amaro na sexta foram identificados como Gabriel Sales de Barros, de 23 anos, Anderson Júlio Magalhães Silva, de 27 anos, Lucas Vieira dos Santos, de 26 anos, e Alex Coelho dos Santos de 28 anos.

Com eles, foram apreendidos uma espingarda calibre 12, três pistolas de calibres diversos, sendo duas com numeração raspada, munições de calibre 12, 9mm e 380, carregadores para armas de fogo, 262 pinos de cocaína, 196 porções de maconha, 38 pedras de crack, sete aparelhos celulares, duas máquinas de cartão bancário, um caderno de anotações, uma blusa camuflada, embalagens para o acondicionamento e comercialização de drogas, além de RS 4.063,20.

De acordo com a Polícia Militar, os agentes receberam denúncias de homens armados que estariam comercializando drogas em uma localidade conhecida como Rua da Prainha. No local, os policiais encontraram um grupo de indivíduos, que atiraram contra os militares.

Houve uma troca de tiros e, após o ocorrido, quatro suspeitos foram encontrados feridos. Segundo a PM, os homens foram socorridos para o Hospital Nossa Senhora Natividade, mas não resistiram aos ferimentos.

Todo o material apreendido foi encaminhado para a delegacia de Santo Amaro, onde a ocorrência foi registrada.

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Marcelo Werner, afirmou que a guerra entre facções é a principal causa da violência no estado e afirmou que todos os recursos estaduais e federais estão disponíveis para acabar com o crime organizado.

No mês de agosto, um acordo entre a SSP-BA e a Polícia Federal (PF) foi assinado, com o objetivo de reforçar o combate a grupos criminosos. O prazo de vigência do pacto é de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Viaturas blindadas da Polícia Federal foram enviados para o estado para reforçar ações de combate ao crime organizado. [Assista ao vídeo abaixo]

Onda de violência na Bahia

A Bahia registrou ao menos 68 mortes durante confrontos com a polícia neste mês setembro – 61 delas de suspeitos de envolvimentos com crimes, uma de um policial federal, o agente Lucas Caribé, e dois policiais militares.

A maioria das mortes ocorreram durante operações policiais nos bairros periféricos da capital baiana. Veja, abaixo, a cronologia:

  • 6 de setembro: sete homens mortos em uma operação policial em Porto Seguro, no extremo sul da Bahia;
  • 6 de setembro: o último foragido suspeito de matar 10 pessoas em uma chacina em Mata de São João, Região Metropolitana de Salvador (RMS), foi morto em troca de tiros em Dias D’Ávila, também na RMS;
  • 3 a 7 de setembro: 11 suspeitos de integrar facções criminosas foram mortos em troca de tiros com a polícia Militar nos bairros de Alto das Pombas e Calabar, que são vizinhos. Durante os dias de operações, mais de 15 moradores dos bairros foram feitos reféns por suspeitos;
  • 10 de setembro: 2 pessoas foram mortas no Engenho Velho da Federação, bairro que fica próximo ao Alto das Pombas e Calabar;
  • 15 de setembro: 4 suspeitos e um policial federal foram mortos no bairro de Valéria, durante uma operação da Polícia Civil em conjunto com a Polícia Federal;
  • 16 a 21 de setembro: 10 suspeitos de envolvimento na ação que resultou na morte do policial federal foram mortos em Salvador e cidades da região metropolitana;
  • 22 de setembro: 5 suspeitos de integrarem facções criminosas foram mortos em Águas Claras, bairro de Salvador, e 1 foi morto em Feira de Santana, cidade a 100 km da capital baiana;
  • 23 de setembro: 5 suspeitos mortos após dois confrontos com policiais militares na cidade de Crisópolis, a cerca de 212 km de Salvador;
  • 26 de setembro: 5 suspeitos mortos e dois feridos após troca de tiros com policiais militares em Acajutiba, a 185 km da capital baiana;
  • 27 de setembro: dois homens morreram após confrontos com policiais civis na cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador;
  • 27 de setembro: dois homens morreram em confronto com policiais na cidade de Cruz das Almas, no recôncavo da Bahia;
  • 27 de setembro: dois policiais militares e dois homens morreram após dois confrontos no bairro do IAPI, em Salvador;
  • 28 de setembro: dois homens morreram em confronto com policiais militares na cidade de Ibirataia, no sul da Bahia;
  • 29 de setembro: dois homens morreram após confronto com policiais militares durante uma operação no bairro de Nova Brasília, em Salvador;
  • 29 de setembro: um homem morreu após confronto durante uma operação integrada das forças de segurança, no bairro de Valéria, em Salvador;
  • 29 de setembro: quatro homens mortos durante confronto com a polícia em Santo Amaro, no recôncavo baiano.



Fonte: TNH1

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Família de Matthew Perry cria fundação para ajudar dependentes químicos e pede doações

Um mês após a morte de Matthew Perry, aos 54 anos,...

“Não há motivo para pânico”, diz Defesa Civil após tremores em condomínio no Pinheiro

Em entrevista à reportagem da TV Pajuçara, no começo da noite...

Polícia Militar apreende armas e drogas em Maceió e interior de Alagoas

As guarnições operacionais da Polícia Militar apreenderam na noite desta segunda-feira...