spot_imgspot_img

Servidora pública é vítima de ‘stalking’ e homem é preso em Maceió; suspeito trabalhou com pai dela


A Polícia Civil prendeu e autuou em flagrante, nessa quinta-feira (5), no bairro do Farol, um homem, de 36 anos, suspeito de cometer crime de perseguição (ou “stalking”) contra uma servidora pública da Secretaria de Prevenção à Violência (Seprev). Ele é ex-colega de trabalho do pai da vítima e passou a persegui-la após a separação dela.

O policial civil que fez prisão conta que, em plantão na Central de Flagrantes, respondeu a um chamado e encontrou o denunciado dentro da secretaria. Ao se aproximar, o homem recusou a se identificar e resistiu à prisão, sendo imobilizado e encaminhado à delegacia.

A vítima, que já havia registrado Boletim de Ocorrência por comportamento suspeito nos dias anteriores, estava no local de trabalho quando o suspeito foi flagrado na porta da Rede Acolhe, da Seprev. O homem estaria à espera dela.

Apesar de negar que praticou o crime, alegando estar na Seprev não para persegui-la, mas para buscar informações sobre o filho, o suspeito foi detido em flagrante e a vítima obteve medida protetiva de urgência.



Fonte: TNH1

spot_imgspot_img

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Padre e companheiro são presos vendendo Viagra e afrodisíacos na Espanha

A Guarda Civil da Espanha prendeu o pároco da Igreja de...

Recalcular decisões de vida é mais difícil para pessoas pobres e negras

"Não foi positivo, mas foi necessário", define o fluminense Flávio Gomes,...

Empresa é condenada após gerente criticar aparência de ex-estagiária

A Justiça do Trabalho condenou uma concessionária de automóveis de Sorocaba...