Varíola dos macacos: dois casos suspeitos são de Maceió e outros dois de Rio Largo

 Varíola dos macacos: dois casos suspeitos são de Maceió e outros dois de Rio Largo

TNH1 com Ascom Sesau

A Secretaria do Estado da Saúde (Sesau) confirmou, nessa sexta-feira, que Alagoas notificou cinco casos suspeitos de Monkeypox, conhecida como Varíola dos Macacos, até o dia 29 de julho de 2022. Dois deles são de moradores de Maceió, outros dois de Rio Largo, e o quinto caso, de Messias.

Por meio de nota, a Sesau esclareceu que nenhum dos pacientes com suspeita da doença necessitou de internação no Hospital Escola Helvio Auto (HEHA), referência para o tratamento de doenças infectocontagiosas.

O órgão destacou que um dos casos, proveniente de Messias, foi descartado após exames laboratoriais. Os outros quatro, sendo dois de Maceió e dois de Rio Largo, estão sendo monitorados pelas Vigilâncias Epidemiológicas dos municípios de origem e permanecem sob isolamento domiciliar. 

A Sesau ressaltou que os quatro casos que permanecem em investigação, tiveram material biológico coletado pelo Laboratório Central de Alagoas (Lacen/AL) para exames de diagnóstico.

Por fim, o Governo destacou que as análises serão realizadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, ainda sem data para divulgação dos resultados.

Mais Notícias