spot_img

Vítima de feminicídio em Murici, AL, comemorou inauguração de loja com o marido 3 semanas antes do crime




Carla Janiere da Silva Barros, de 24 anos, foi assassinada a tiros por Jeferson Marcos Timóteo da Silva dentro da loja deles. Antes do crime, ele foi filmado ameaçando a vítima. Vítima de feminicídio publicou foto com o marido três semanas antes de ser assassinada na própria loja em Murici, AL
Reprodução/Instagram
Três semanas antes de ser vítima de feminicídio em Murici, no interior de Alagoas, Carla Janiere da Silva Barros, de 24 anos, publicou uma foto com o marido nas redes sociais para comemorar a inauguração da loja de roupas e acessórios na cidade. Carla foi assassinada pelo marido Jeferson Marcos Timóteo da Silva dentro do estabelecimento na terça-feira (14).
Na foto, Carla e Jeferson estão na frente da loja que eles haviam inaugurado há menos de um mês. Eles eram de Porto Calvo, onde já tinham outra loja. A postagem também tem as frases “Juntos somos mais fortes. Nossa Linda Morena foi e será um sucesso. Vamos conquistar o mundo juntos”.
Carla Janiere publicou vídeo do dia em que buscou as chaves da loja em Murici
Em outra postagem, no dia 18 de outubro, Carla aparece retirando a placa de aluga-se do imóvel em que ela abriu a loja e segurando as chaves com o marido (assista acima).
Antes de ser matar a esposa, Jeferson discutiu com ela e ameaçou dentro da loja. A briga foi gravada por uma funcionária. Depois de deixar o local, ele voltou armado e atirou na mulher (assista mais abaixo).
Segundo a Polícia Militar, Jeferson foi encontrado deitado ao lado do corpo da mulher. Ele fingiu estar morto para não ser preso, mas foi descoberto pelos militares.
A Justiça decretou a prisão preventiva de Jeferson e ele vai para um presídio em Alagoas. O corpo de Carla vai ser enterrado em Porto Calvo.
VÍDEO mostra discussão e ameaça antes de marido matar a esposa dentro de loja em Murici



Fonte: G1

Últimas

Leia também

spot_imgspot_img

Santos está fora da Copa do Brasil de 2024 após derrota no Brasileirão

A derrota para o Fluminense nesta quarta-feira (29) sacramentou que o...

Mais de 2,8 mil pessoas deixam trabalho análogo à escravidão

Um total de 2.847 trabalhadores foram resgatados entre janeiro e novembro...

‘Ele não teve o direito de saber por que estava morrendo’, diz Sâmia Bomfim sobre a execução do irmão

A Câmara dos Deputados estava esvaziada quando Sâmia Bomfim (PSOL-SP) adentrou...